Vinho para o Coração

Os amantes do vinho certamente ficarão felizes com essa notícia: o consumo diário do vinho pode reduzir o risco de doenças cardíacas. Isso acontece porque algumas substâncias encontradas na casca e nas sementes da uva melhoram a circulação sanguínea, trazendo benefícios para o funcionamento do coração.

Na década de 1990, médicos e cientistas observaram que apesar dos maus hábitos alimentares, o número de franceses com doenças cardiovasculares era bastante pequeno. A explicação para esse mistério estava no costume francês de se consumir vinho durante as refeições. Com o andamento das pesquisas, descobriu-se que o vinho, assim como a uva, era rico em certos tipos de flavonoides, que atuam como antioxidantes e melhoram a função vascular.

Propriedades da uva

Benefícios do Vinho

Benefícios do Vinho

As uvas são frutas ricas em ferro, potássio, vitaminas C e do complexo B. Além disso, possuem alto teor de pectina e bioflavonoides, substâncias que atuam de modo muito benéfico em nosso organismo.

A pectina é uma espécie de fibra solúvel encontrada normalmente nas frutas.  Depois de consumida, ela se transforma em um gel, que não é absorvido durante a digestão. Desse modo, a pectina carrega consigo parte da glicose e colesterol dos alimentos, que ao invés de serem absorvidos pelo organismo serão eliminados no bolo fecal. Isso quer dizer que a pectina reduz a absorção de glicose e colesterol pelo organismo, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares.

Por seu turno, os bioflavonoides são os corantes naturais encontrados em frutas e plantas. Em nosso organismo essas substâncias tem ação antioxidante e antiinflamatória, além de funcionarem como vasodilatadores. A dilatação das artérias é fundamental para uma boa circulação do sangue, evitando assim os problemas de coração.

Os benefícios do vinho

Pesquisadores do Instituto do Coração (InCor) testaram os efeitos da ingestão de vinho em coelhos. O objetivo do estudo foi verificar se o vinho protegeria contra o acúmulo de gordura nas artérias. Nessa pesquisa, os animais foram divididos em três grupos. O primeiro recebeu alimentos ricos em colesterol ruim. O segundo recebeu a mesma alimentação mais uma porção diária de vinho tinto. O terceiro grupo também recebeu a dieta rica em colesterol mais uma porção de vinho fervido, para que perdesse o álcool.

Os resultados da pesquisa foram surpreendentes. Os coelhos que receberam apenas a dieta gordurosa tiveram intensa formação de placas em suas artérias. No entanto, o grupo que consumiu vinho juntamente com a dieta teve uma formação de placas de gordura bem reduzida. O que mais chama a atenção é que os coelhos que tomaram o vinho sem álcool  tiveram uma redução menor nos níveis de gordura do que os que tomaram vinho com álcool.

Os pesquisadores também avaliaram o efeito do vinho em humanos e os resultados foram bem semelhantes. O consumo de vinho ou suco de uva melhorou a capacidades das artérias se dilatarem, reduzindo o acúmulo de placas de gordura.

Desse modo, o estudo comprovou que as substâncias encontradas no vinho melhoram a circulação sanguínea e previnem as doenças cardiovasculares. Para obter esses benefícios, recomenda-se o consumo de uma taça de vinho (cerca de 250ml) diariamente. Mas se você não gosta de bebidas alcoólicas, pode ficar tranquilo. O suco de uva também é excelente para o coração.

Por Mila Silva nas categorias Saúde. Tags: , , , , , , , ,

Relacionados

Deixe seu comentário sobre "Vinho para o Coração"