Cuidados com os Remédios para Emagrecer

Perder peso não é tarefa fácil. Por isso, muitas pessoas pessoas procuram a ajuda de um médico para auxiliar no processo de emagrecimento. O grande problema é que existem muitos profissionais inescrupulosos, dispostos a fazer tudo por dinheiro. Assim, pessoas formadas em medicina, que deveriam ter comprometimento com a saúde dos outros, agem como criminosos, receitando e vendendo medicamentos para emagrecer que são proibidos no Brasil.

Medicamentos para Emagrecer

Remédios para perder peso podem causar danos sérios à saúde

Inibidores de Apetite

Os inibidores de apetite são bastante recomendados para quem está de dieta. A substância atua diretamente no cérebro, informando que o corpo precisa se alimentar menos. Dessa forma, colaboram para a perda de peso, mas a altos custos para a saúde. Alguns desses medicamentos são anfetaminas, proibidas pela ANVISA desde o ano passado.

Entre eles, está o femproporex, bastante comum, apesar da proibição. O remédio traz vários efeitos colaterais, como insônia, taquicardia e depressão. O femproporex ainda pode causar dependência química e psíquica. Além disso, acelera o funcionamento do coração, facilitando a ocorrência de acidentes cardiovasculares.

A ANVISA liberou apenas o uso da sibutramina, que também atua como um inibidor de apetite. Mesmo assim, o consumo do medicamento deve ser feito com cautela. A sibutramina também possui efeitos colaterais, como boca seca, mal estar, tonteira, aumento da pressão arterial e depressão. Além disso, desde 1997 o Conselho Federal de Medicina proíbe que a sibutramina seja combinada com outros medicamentos para emagrecer.

Coquetéis para Emagrecer

Também é comum que os médicos receitem uma combinação de medicamentos. Muitas vezes, nem mesmo o paciente sabe o que está tomando. Esses coquetéis podem combinar inibidores de apetite, antidepressivos, laxantes e diuréticos. A promessa é que essas substâncias ajudem no emagrecimento rápido. No entanto, as consequências para a saúde podem ser drásticas.

Por isso, é preciso estar atento a essas promessas milagrosas de emagrecimento. Se o médico não colocar na receita qual é o medicamento recomendado, comece a desconfiar. Lembre-se que em nenhuma hipótese profissionais da saúde podem vender medicamentos. Caso ele te ofereça algum produto, recuse e procure o Conselho Regional de Medicina para denunciar a prática ilegal.

A melhor maneira de perder peso ainda é seguir uma dieta balanceada, acompanhada de atividade física. Fora isso, toda promessa deve ser analisada com cautela.

Por Mila Silva nas categorias Dietas, Saúde. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Relacionados

Deixe seu comentário sobre "Cuidados com os Remédios para Emagrecer"