Cigarro: apague o mal da sua saúde

Não é surpresa para ninguém: o cigarro faz muito mal à saúde. 30% do casos de câncer estão associados ao fumo, assim como 25% dos infartos e anginas. Outras doenças também estão diretamente associadas ao tabagismo, como a enfisema pulmonar, os derrames cerebrais, má circulação e impotência sexual.

Mas por que as pessoas fumam, mesmo sabendo de todos esses males? O tabagismo é uma doença e mesmo querendo parar, o fumante tem muita dificuldade em abandonar o vício. Além da dependência física das substâncias que compõem o cigarro, existe também a dependência psicológica. Ao fumar, o tabagista tem a sensação de redução da ansiedade e maior segurança, o que torna para de fuma ruma coisa ainda mais difícil. Muitas vezes o fumante precisará de acompanhamento médico, além de utilizar medicações. No entanto, a vontade de parar e a força de vontade são fundamentais para o tratamento.

Dicas para parar de fumar

Como parar de fumar

Como parar de fumar

  1. Marque, com antecedência, uma data para parar de fumar. A dica é escolher um dia tranquilo e ir se preparando lentamente;
  2. Conte aos seus parentes e amigos que você decidiu parar de fumar. Eles o ajudarão a se lembrar da importância de parar e o incentivarão;
  3. Antes da data escolhida, observe os seus hábitos como fumante e busque compreender porque você fuma;
  4. Se livre dos objetos relacionados ao ato de fumar, como cinzeiros, isqueiros e piteiras;
  5. Tente reduzir gradativamente a quantidade de cigarros fumados antes da data escolhida para parar;
  6. Evite consumir produtos que despertam o desejo de fumar, como o café e as bebidas alcoólicas;
  7. No dia escolhido, pare definitivamente;
  8. Procure fazer atividade física, para diminuir a ansiedade;
  9. Se o desejo de fumar for intenso, respire fundo e solte o ar pela boca semicerrada e tente relaxar;
  10. Comemore os avanços feitos, como uma semana sem fumar ou um mês;
  11. Após um mês, os sintomas de abstinência costumam desaparecer. Lembre-se disso;
  12. Não fume de forma impulsiva. Antes de ter uma recaída, recorde-se do porquê de sua decisão e dos malefícios do cigarro;
  13. Não hesite em procurar a ajuda de um especialista.

 

Por Mila Silva nas categorias Saúde. Tags: , , , , ,

Relacionados

Deixe seu comentário sobre "Cigarro: apague o mal da sua saúde"