Suplemento DHEA: faz bem à saúde? Quais são os efeitos colaterais? Como tomar?

Hoje a gente vai falar sobre um assunto polêmico: o uso de suplementos. Muita gente tem procurado saber mais sobre o DHEA, que é comercializado como suplemento para diversos fins. Várias pessoas acreditam que ele é indicado para o ganho de massa, emagrecimento e tratamento de doenças crônicas, mas, na verdade, existem poucos estudos que realmente comprovam os benefícios do DHEA para a nossa saúde. Quer conhecer mais? Então continue lendo!

O que é o DHEA?

A sigla DHEA se refere ao hormônio desidroepiandrosterona, que é produzida naturalmente pelas glândulas adrenais no organismo humano.

De acordo com a Wikipedia:

A DHEA é o precursor da androstenediona – este, por sua vez precursor da testosterona e dos estrógenos estrona e estradiol, aos quais a DHEA é quimicamente similar. É convertida em andrógeno (hormônio masculino) ou estrógeno (hormônio feminino) dependendo do sexo da pessoa, idade e outros fatores individuais. A DHEA é o esteróide precursor quase direto da testosterona e do estradiol, mas ela própria possui fraca ação androgênica. Embora 50% dos hormônios masculinos e 70 % dos hormônios femininos sejam derivados da DHEA, ela não é o mais importante precursor da testosterona e do estradiol (Fonte:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Desidroepiandrosterona).

Mas independente de todos esses nomes complicados, o que você precisa saber é que o nosso corpo produz o hormônio naturalmente, mas a quantidade produzida tende a diminuir no decorrer dos anos, assim como acontece com a melatonina.

Interessante: o uso do DHEA pode ser considerado como dopping entre esportistas caso haja uma elevação anormal nos níveis de testosterona.

Suplemento DHEA

Suplemento DHEA

Quais são os benefícios e indicações?

Essa é a parte mais polêmica, porque os estudos com relação à suplementação de DHEA não são consistentes o suficiente, ainda que existam vários relatos que garantam melhorias com o uso do produto. O que se sabe, de fato, é que quando há desequilíbrios hormonais causados por fatores diversos, a desidroepiandrosterona pode ser recomenda por especialistas para reequilibrar os níveis desses hormônios.

Outros benefícios que ainda precisam ser melhor estudados pela ciência antes de serem comprovados:

  • tratamento da insuficiência adrenal
  • osteoporose
  • emagrecimento e queima de gordura
  • ganho de massa muscular
  • efeito anti-idade
  • prevenção do alzheimer
  • aumento da libido

Lembramos que esses efeitos não foram comprovados e que é preciso sempre ouvir a opinião de especialistas sobre o tema.

Como tomar?

Somente um médico poderá indicar a quantidade correta e modo de utilização do Suplemento DHEA, levando em consideração os níveis hormonais em cada paciente. O uso sem prescrição médico ou desnecessário pode acarretar problemas sérios de saúde. Outra recomendação importante é jamais substituir a medicação receitada por um especialista por tratamentos milagrosos (propagados por conhecidos ou na internet). Cuide bem da sua saúde, sem exageros nem recomendações malucas!

Por Mila Silva nas categorias Nutrição, Saúde. Tags: , , , , , , , ,

Relacionados

Deixe seu comentário sobre "Suplemento DHEA: faz bem à saúde? Quais são os efeitos colaterais? Como tomar?"