Ritalina serve para emagrecer? Veja como tomar corretamente esse medicamento!

A gente já falou várias vezes aqui no blog sobre os riscos do emagrecimento não saudável. É sempre importante enfatizar que quem perder peso precisa, primeiramente, se preocupar com a própria saúde. Emagrecer poe ser ótimo, mas isso deve ser feito com o auxílio de bons profissionais, seja da área de nutrição e endocrinologia, como instrutores físicos.

Entrando mais especificamento no uso da Ritalina, podemos falar de forma direta: esse medicamento, e outros semelhantes, não deve ser utilizado para fins de emagrecimento. Vamos entender melhor porque o consumo da Ritalina não é recomendado para quem quer perder peso e quais são as suas reais utilidades.

Para que serve a Ritalina?

A Ritalina tem como composto principal o cloridrato de metilfenidato, que funciona como uma metanfetamina. Ela é indicada pelos médicos como tratamento para o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Nos adultos e crianças que apresentam esse quadro clínico, o medicamento pode auxiliar na realização das atividades cotidianas, ainda que exista uma polêmica quanto a sua recomendação excessiva, sobretudo entre o público jovem e infantil.

Dica sobre as indicações e efeitos colaterais da Ritalina

Dica sobre as indicações e efeitos colaterais da Ritalina

Tomar Ritalina ajuda na perda de peso?

De modo algum a Ritalina pode ser indicada para a perda de peso. Na verdade, o medicamento apresenta a falta de apetite e o emagrecimento como possíveis efeitos colaterais relacionados ao uso do cloridrato de metilfenidato. De acordo com a bula, algo entre 1% e 10% dos pacientes que tomam a medicação podem sofrer com esses efeitos colaterais.

Dessa forma, fica claro que o remédio pode levar ao emagrecimento, mas não é indicado para quem quer perder peso. Além de não haver qualquer garantia de que haverá a redução do peso e medidas com a ingestão da Ritalina, existem também diversos outros riscos relacionados a uso desse medicamento. Mais uma vez: se você não apresenta os sintomas do TDAH, não tome a Ritalina em hipótese alguma.

É preciso ter uma receita para comprar a Ritalina?

Sim! A Ritalina é um remédio categorizado como tarja preta. Isso significa que o médico precisa receitar o medicamento com uma receita diferenciada, que fica retida na farmácia ou no posto de saúde. Ao realizar a compra, o paciente precisará informar os seus dados pessoais, como nome completo, endereço e documento de identidade. Todos esses procedimentos servem para impedir que a substância seja utilizada sem o acompanhamento de um profissional da área de saúde.

Emagrecimento saudável

Vale sempre a pena lembrar que a forma mais saudável de emagrecer é com uma reeducação alimentar. Mude seus hábitos, aposte em alimentos mais nutritivos e faça exercícios físicos com frequência. Muita gente tem dificuldade para seguir dietas, por isso é fundamental buscar a ajuda de um nutricionista qualificado. Somente esse profissional poderá elaborar um plano alimentar adequado às suas necessidades. Não tome remédios sem necessidade! A Ritalina, por exemplo, pode causar dependências, bem como diferentes efeitos colaterais nocivos para o seu organismo a longo prazo.

Por Mila Silva nas categorias Nutrição. Tags: , , , , , , ,

Relacionados

Deixe seu comentário sobre "Ritalina serve para emagrecer? Veja como tomar corretamente esse medicamento!"