Mitos e Verdades sobre o Hipotireoidismo

A tireoide é uma glândula bem pequena, em forma de “borboleta”, que fica situada no pescoço. Apesar do tamanho, a glândula é essencial para o bom funcionamento do corpo humano. Ela é responsável por regular as funções do cérebro, coração, fígado e rins. Além disso, a tireoide atua no crescimento das crianças e adolescentes, fertilidade, peso, humor, concentração, ciclos menstruais e memória. Desse modo, quando há alguma disfunção no funcionamento da glândula, muitos problemas podem surgir.

Tireoide

Localização da Tireoide

Hipotireoidismo e Hipertireoidismo

A tireoide é responsável por produzir dois hormônios fundamentais, os chamados T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina). São eles que irão regular várias funções e órgãos em nosso organismo. Quando a produção desses hormônios é insuficiente, surge a doença conhecida como hipotireoidismo.

Com a redução de T3 e T4, o metabolismo se desacelera. Desse modo, o corpo passa a funcionar mais lentamente. Isso quer dizer que o intestino fica lento, o coração bate menos vezes e o crescimento pode ficar comprometido. A desaceleração pode desencadear em outros sintomas, como: ganho de peso, falta de disposição, dores musculares, sonolência, queda de cabelo, descontrole do ciclo menstrual, depressão, entre outros.

Por outro lado, também pode haver um aumento na produção desses hormônios, causando o chamado hipertireoidismo. Quando isso acontece, as funções do organismo ficam aceleradas. Nesse caso, surgem sintomas como: taquicardia, agitação, insônia, intestino solto, entre outros.

Mitos e Verdades

Nem tudo o que se diz sobre as disfunções da tireoide é verdade. Veja alguns mitos e verdades sobre essas doenças:

  • Não é verdade que o hipotireoidismo só ocorre em mulheres. Pessoas de todas as idades, independente do sexo, podem sofrer com a doença. No entanto, é mais comum que a disfunção apareça entre as mulheres, principalmente após os 40 anos;
  • Outro mito é que a obesidade está relacionada com o hipotireoidismo. O ganho de peso em decorrência da doença é de em média 4 quilos;
  • Alguns alimentos podem ajudar a reduzir os sintomas das disfunções da tireoide. No entanto, não existe uma dieta que mantenha a doença sob controle. É necessário procurar um médico para fazer um controle hormonal adequado;
  • Diferentemente do que muitos pensam, mulheres com hipotireoidismo podem sim engravidar. O problema pode causar infertilidade, mas apenas em alguns casos.

Se você apresenta alguns dos sintomas que mencionamos aqui, procure um endocrinologista para que ele faça uma análise cuidadosa do seu caso. Lembre-se que as disfunções da tireoide não possuem cura, mas podem se tratadas.

Por Mila Silva nas categorias Nutrição. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Relacionados

Deixe seu comentário sobre "Mitos e Verdades sobre o Hipotireoidismo"