Benefícios da Cereja

A cereja é um fruto de origem asiática que possui mais de 100 tipos diferentes.  Algumas delas são comestíveis e podem ser consumidas in natura, ou em conservas e doces, além das variedades mais ácidas que são utilizadas na fabricação de bebidas. Ela foi introduzida na Europa há mais de 20 séculos com grande produção por se adaptar ao clima frio. Por esse motivo o plantio no Brasil é quase inexistente, sendo a maior parte do mercado suprida pela importação vinda do Chile.

Benefícios da cereja

Cerejas

Cerejas também fazem bem à saúde

A composição nutricional desta pequena fruta é surpreendente. Ela fornece ao organismo lipídeos, cálcio, fósforo, ferro, carboidratos, vitaminas A, B1, B2, C, niacina e flavonóides, responsáveis pelo combate aos radicais livres que causam o envelhecimento das células. Seu consumo pode auxiliar na redução de ácido úrico, aliviar dores no corpo e melhorar o trânsito intestinal.

Além de todos os benefícios oferecidos pela cereja, estudos recentes demonstraram que ela é rica em antocianinas, que dão a coloração avermelhada à fruta. Essa substância ajuda a diminuir os níveis de açúcar no sangue de quem tem diabetes do tipo 2. A cereja também possui quercitina, uma espécie de anti-inflamatório natural e anti-histamínico (que serve para aliviar sintomas alérgicos). Esta substância possui propriedades anti-carcinogênicas, antivirais e influenciam na inibição de cataratas em diabéticos.

Consumo

A recomendação dos especialistas é de 50g a 200g (de 10 a 30 cerejas, em média) diariamente e deve-se dar preferência às frutas frescas, que podem ser identificadas pela cor mais avermelhada e cabinho mais preso. O consumo excessivo pode causar problemas estomacais, pois a cereja possui substâncias que estimulam a atuação de glândulas digestivas.

Por Mila Silva nas categorias Nutrição. Tags: , , , ,

Relacionados

Comentários (1)

  • Emilly Biianka disse em 18/06/2013 às 21:20:

    q fofuxa

  • Deixe seu comentário sobre "Benefícios da Cereja"